Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




papa-aos-jovens-678x381.jpg

 

O Papa Francisco afirma, no prefácio do “DOCAT”, uma tradução popular do documento de Doutrina Social da Igreja Católica, apresentado em Cracóvia, na Polónia, que “um cristão que não seja revolucionário neste tempo, não é cristão”.
O “DOCAT” foi apresentado no âmbito Jornada Mundial da Juventude (JMJ), e vai fazer parte da coleção “Youcat”, sendo a Paulus Editora, a distribuidora oficial para a língua portuguesa deste novo volume que aborda a Doutrina Social da Igreja, “numa linguagem jovem, acessível e dinâmica”.
“Com a força do Evangelho, podemos mudar realmente o mundo”, afirma o Papa Francisco no prefácio da obra, que é “uma tradução popular da Doutrina Social da Igreja Católica, tal como foi desenvolvida em importantes documentos desde Leão XIII”, que foi Pontífice de 1878 a 1908.
“Um cristão que não seja revolucionário neste tempo, não é cristão”, afirma o papa Francisco no prefácio da obra.
“O ‘DOCAT’ estará disponível em mais de 30 línguas e conta também com uma aplicação para telemóvel,que pode ser descarregada e que "transmite a Doutrina Social da Igreja de uma forma divertida”, disse à Lusa fonte da Paulus.
O Papa Francisco ofereceu o "DOCAT" a todos os peregrinos da JMJ, “um gesto que é o ponto de partida para a campanha juvenil à escala global ‘Faz parte do sonho do papa’”.
“O sonho do Papa é que esta mudança aconteça pelas mãos dos jovens”, adiantou a mesma fonte.
Segundo a Paulus Editora, “são especialmente os jovens que se devem sentir interpelados para lerem os grandes documentos da Igreja [Católica] no seu texto original e orientarem a sua ação segundo as máximas da verdade, da justiça e do amor”.
No prefácio, Francisco, à frente dos destinos da Igreja Católica desde março de 2013, afirma: “Espero que um milhão de jovens, mais ainda, que uma geração inteira seja, para os seus contemporâneos, uma doutrina social em movimento. O mundo só mudará quando homens com Jesus se entregarem por ele, com Ele forem para as periferias e para o meio da miséria”.
“Este é um desafio do papa a todos os jovens a irem para a política e a lutar pela justiça e pela dignidade humana, sobretudo dos mais pobres”, segundo fonte da editora católica portuguesa.
A edição portuguesa do “DOCAT” estará disponível a partir de setembro, adiantou à Lusa fonte da editora católica.

Foto: portalreferencia.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

o-ECADEQUEIROZ-facebook.jpg

O Prémio Literário Fundação Eça de Queiroz/Romance, no valor de 5.000 euros, que será atribuído em 2017, visa “promover e incentivar a produção de obras literárias em língua portuguesa”, anunciou a instituição.

O concurso abre no dia 09 de setembro próximo e encerra a 01 de fevereiro de 2017, devendo o vencedor ser conhecido “na primeira semana de setembro de 2017”, e romance vencedor será publicado pela Editorial Presença.
O Prémio Literário Fundação Eça de Queiroz distingue “um romance inédito de autor de língua portuguesa”, de qualquer nacionalidade, segundo o regulamento.
O galardão é instituído pela Fundação Eça de Queiroz (FEQ) e pela Câmara Municipal de Baião, que o patrocina, e é coordenado pela Editorial Presença, pela primeira vez, este ano.
As obras concorrentes, segundo o documento, devem ser inéditas e apresentadas em duas cópias em papel, no formato A4, acompanhadas de gravação em suporte digital – “pen” ou CD.
“Cada concorrente será identificado com pseudónimo, não podendo haver qualquer referência à identidade do autor no original”, lê-se no mesmo regulamento, que estará disponível no sítio da Fundação em www.feq.pt.
O júri será constituído por um representante da FEQ, um da câmara de Baião, e “três personalidades destacadas da literatura e cultura portuguesas”, designadamente os escritores Dulce Maria Cardoso, Bruno Vieira Amaral e a crítica literária Luísa de Mellid-Franco.
À Editorial Presença caberá também a constituição de uma comissão que realizará a leitura das obras admitidas a concurso, para apurar os finalistas, no máximo de dez, a apresentar ao júri, disse à Lusa fonte da organização.

 

25_anos_banner_01t4g564.png

 

O Prémio da FEQ alterna a categoria Romance com a de Ensaio. O vencedor do Prémio de Ensaio, relativo a este ano, será “ainda conhecido esta semana”, disse à Lusa fonte da FEQ.
Na edição de 2015, o Prémio FEQ/Romance não foi entregue, por o concorrente ter violado as regras inscritas no regulamento, nomeadamente “no que diz respeito à obrigatoriedade de não apresentação da obra literária em causa a outros concursos do mesmo género”, explicou a mesma fonte.
O Prémio Literário Fundação Eça de Queiroz/Ensaio foi atribuído a Filomena Antunes Sobral, pela obra "As atualizações dos romances de Eça de Queiroz para o pequeno ecrã".
A vencedora é professora de Ciências Sociais-Ciências da Comunicação, na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Viseu.
O júri do prémio foi presidido por Guilherme d'Oliveira Martins, e constituído ainda por Ana Teresa Peixinho, Maria do Rosário Cunha, Ana Luísa Vilela e Manuel Pereira Cardoso.
"O júri decidiu, por unanimidade de votos expressos, tendo um dos membros declarado estar impedido e não tendo votado. Foi considerado que a obra vencedora se integra plenamente no espírito do prémio, revelando grande qualidade, sendo de realçar a actualidade e pertinência do tema, num momento em que a comunicação e a criação pela imagem tem uma importância cultural e pedagógica de grande significado", afirma, em comunicado, o presidente do júri, Oliveira Martins.
"A autora revela um bom domínio dos temas que aborda, contribuindo para um melhor conhecimento da obra de Eça de Queiroz", acrescenta o presidente do júri.
A FEQ afirma que a cerimónia de entrega do prémio, na categoria de Ensaio, ocorrerá na Casa de Tormes, sede da instituição, em Santa Cruz do Douro, no concelho de Baião, no Douro Litoral, em setembro próximo.
O galardão, no valor de 5.000 euros, é instituído pela Fundação Eça de Queiroz e pela Câmara Municipal de Baião, que o patrocina, desde 2014.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Bem-vindo


Parcerias


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Visitas

Flag Counter